Card anuncia Assembleia Mundial das Mulheres, com imagem de uma mulher negra em marcha

Confira o documento

ASSEMBLÉIA MUNDIAL DAS MULHERES-PORTUGUES

 

CONVOCATÓRIA

ASSEMBLEIA MUNDIAL DAS MULHERES

Mulheres contra o machismo, o racismo a LBT fobia e por democracia!

As mulheres do planeta, sem distinção, são forças de resistência a todas as formas de opressão,  desigualdade,  discriminação, e estão dispostas a tomada de atitudes coletivas  para frear esse processo histórico de dominações violentas que as subjuga. As mulheres negras, indígenas e de etnias não brancas enfrentam o racismo como fator estruturante de suas vidas e da sociedade, e exigem o levante de todas as vozes, o compromisso e as ações para por fim a uma realidade mundial de violência e invisibilidade que lhes é imposta. As trabalhadoras, as artistas, as donas de casa, as estudantes, as jovens , as catadoras, as moradoras do campo, das cidades e das florestas, as mulheres lésbicas, as transexuais, as travestis, as mulheres com deficiência, todas sem distinção são vítimas dos atos e mentalidades do sistema racista e patriarcal de dominação no mundo pelo capital, e estão determinadas a lançar mão  de sua força para mudar os sistemas políticos e econômicos que as sujeitam. No Brasil e na América Latina,  somam suas lutas contra o racismo e o machismo às estratégias urgentes de defesa das democracias e para impedir o uso das armas do Estado contra a própria sociedade – as mesmas armas que se voltam contra seus filhos, na produção de um aterrorizante genocídio da juventude negra. . As mulheres que lutam por direitos humanos, sociais, políticos, culturais, sexuais e reprodutivos, todas compartilham a dor inconsolável provocada pela epidemia dos feminicídios,  a misoginia, o controle do corpo das mulheres por estados e religiões, as violações  como armas de guerra e a criminalização da condição feminina em todos os níveis das relações sociais. A reversão desse cenário de horrores naturalizado pela sociedade exige a pactuação de todas as pessoas que lutam por democracia e cidadania

No Fórum Social Mundial 2018, que acontecerá em Salvador, Bahia, nós, as mulheres deorganizações, movimentos e coletivos feministas do Brasil e do Mundo e todas que lutam por direitos, contra o racismo o machismo e a convocamos a Assembleia Mundial das Mulheres, no dia 16 de março, às 9 horas, como atividade única e exclusiva do Fórum nessa manhã, e lá faremos ecoar entre todas as organizações e movimentos reunidas no grande encontro de Salvador, as agendas mundiais do 8 de Março – Dia Internaional da Mulher, reafirmando a urgência do envolvimento de todas e todos nessas bandeiras de luta.

As mulheres da Bahia e de todo Brasil se juntarão  organizações e redes feministas internacionais e ativistas das diversas regiões do mundo, a exemplo das curdas, palestinas, africanas, asiáticas, latino americanas, amerindias e afro-caribenhas, que já confirmaram participação ativa.

A Assembleia Mundial das Mulheres terá, em especial, a tarefa coletiva de convocar uma frente de ação e articulação internacional em torno de dez pontos inegociáveis na luta das mulheres,  para uma agenda das lutas universais, e inadiáveis.

ASSINE AQUI

Confira a lista das primeiras assinaturas (todas as novas assinaturas serão inseridas no site do FSM até o 8 de Março)

Ajagum Obinrin – Organização de Mulheres Negras do Rio Grande do Norte
AMNB- Articulação de Organizações de Mulheres Negras do Brasil
Articulação de Mulheres Brasileiras
Articulação Feminista Mercosul
Articulação Nacional de Mulheres Negras Brasileiras – AMNB
Associação de Mulheres Negras da Bahia
Associação Nacional de Pós Graduandos – ANPG
Bambidele – Organização de Mulheres Negras da Paraíba
Candaces – Rede Nacional de Lésbicas Negras e Bissexuais
CEDENPA – Centro de Estudos e Defesa do Negro do Para
CEERT – Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades
Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários da Bahia -UNISOL BAHIA
Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB
Central Única dos Trabalhadores – CUT
Centro de Documentação e Memória Negra – IROHIN
Centro de Estudos em Gênero, Raça/Etnia e Sexualidade – CEGRES/Diadorim
Centro de Referência Negra Lélia Gonzales – GO
Centro Popular de Mulheres – COM/Go
Ciranda Internacional de Comunicação Compartilhada
CLADEM – Comitê Latino Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da
Mulher
Coletiva de Mulheres Negras Abayomi
Coletivo de Entidades Negras – CEN
Coletivo de Mulheres do Calafate
Coletivo de Mulheres Negras Abayomi
Coletivo de Mulheres Negras Dandara do Sisal
Coletivo Nacional de Lésbicas Negras Feministas
CONAQ – Coordenação Nacional das Comunidades Rurais Quilombolas
Criola – RJ
Development Alternatives with Women for a New Era – DAWN
Federação Democrática Internacional de Mulheres – FDIM
Federação Nacional das Trabalhadoras Domesticas – FENATRAD
Feminista Anti Proibicionista
Fórum de Mulheres Negras do Rio de Janeiro
Fórum Enlesbi
Fórum Nacional de Mulheres Negras – FNMN
Frente de Mulheres Negras do Distrito Federal e Entorno
Frente Feminista da UFBA
Frente de Mulheres de Esquerda

Frente Feminista de Esquerda
Grupo 08 de Março
Grupo de Estudos para Educação das Relações Étnico Raciais -GEPRER/Afroescola.
Instituto AMMA PSIQUE e Negritude
Instituto da Mulher Negra – Geledés
Instituto das Mulheres Negras do Amapá
Instituto de Mulheres Negras do Mato Grosso
Instituto de Mulheres Negras do Mato Grosso – IMUNE/MT
Instituto Equit – Gênero, Economia e Cidadania Global
Instituto Ganga Zumba – IGZ
Instituto ODARA
Justiça Global
Malunga Mulheres Negras – GO
Marcha das Mulheres Negras de São Paulo – MMN/Sp
Marcha Mundial de Mulheres – MMM Bahia
Maria Mulher – Organização de Mulheres Negras RS
Movimento de Mulheres Negras Dandara do Sisal
Movimento Negro Unificado – MNU
MUSA
NEIM – Nucleo de Estudos Interdisciplinares Sobre a Mulher/ UFBA
NZINGA – Coletivo de Mulheres Negras MG
Observatório da Mulher
Papo de Mulher – Associação de Mulheres Usuárias dos Serviços de Saúde
Mental
Programa Integrado de Pesquisa e Cooperação Técnica em Gênero e Saúde
do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA
Rede de Desenvolvimento Humano – REDEH/RJ
Rede de Enfrentamento a Violência Contra a Mulher de Salvador
Rede de Mulheres – Renfa
Rede de Mulheres Afrolatinoamericanas, Caribenhas e da Diáspora
Rede de Mulheres Feministas Anti Proibicionistas
Rede de Mulheres Negras
Rede de Mulheres Negras da Bahia – RMNBA
Rede de Mulheres Negras de Pernambuco
Rede de Mulheres Negras do Nordeste
Rede de Mulheres Negras para a Soberania e Segurança Alimentar e
Nutricional
Rede Mulher e Mídia
Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos –
RFS
União Brasileira de Mulheres – UBM
União Brasileira dos Estudantes Secundaristas – UBES
União da Juventude Socialista – UJS
União de Mulheres de São Paulo
União de Negros pela Igualdade – UNEGRO
União Nacional dos Estudantes – UNE

Contato: amm@fsm2018.org

www.fsm2018.org

Dia: 16 de março de 2018
Local: Salvador – Bahia
Horário: 9h

1 Comentário
  1. moises oliveira 6 meses atrás

    A favor da luta no combate ao machismo estruturante, xenofobia de variados tipos, e a favor de um mundo respeitador das diferenças enquanto caracterista para uma melhor sociedade.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Contato

Deixe uma mensagem e etornaremos o mais rápido possível. You can send us an email and we'll get back to you, asap./puede enviarnos un correo electrónico y nos comunicaremos con usted lo antes posible./vous pouvez nous envoyer un email et nous reviendrons vers vous, dès que possible.

Enviando
Select your currency
EUR Euro

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account