Card anuncia Assembleia Mundial das Mulheres, com imagem de uma mulher negra em marcha

Confira o documento

ASSEMBLÉIA MUNDIAL DAS MULHERES-PORTUGUES

 

CONVOCATÓRIA

ASSEMBLEIA MUNDIAL DAS MULHERES

Mulheres contra o machismo, o racismo a LBT fobia e por democracia!

As mulheres do planeta, sem distinção, são forças de resistência a todas as formas de opressão,  desigualdade,  discriminação, e estão dispostas a tomada de atitudes coletivas  para frear esse processo histórico de dominações violentas que as subjuga. As mulheres negras, indígenas e de etnias não brancas enfrentam o racismo como fator estruturante de suas vidas e da sociedade, e exigem o levante de todas as vozes, o compromisso e as ações para por fim a uma realidade mundial de violência e invisibilidade que lhes é imposta. As trabalhadoras, as artistas, as donas de casa, as estudantes, as jovens , as catadoras, as moradoras do campo, das cidades e das florestas, as mulheres lésbicas, as transexuais, as travestis, as mulheres com deficiência, todas sem distinção são vítimas dos atos e mentalidades do sistema racista e patriarcal de dominação no mundo pelo capital, e estão determinadas a lançar mão  de sua força para mudar os sistemas políticos e econômicos que as sujeitam. No Brasil e na América Latina,  somam suas lutas contra o racismo e o machismo às estratégias urgentes de defesa das democracias e para impedir o uso das armas do Estado contra a própria sociedade – as mesmas armas que se voltam contra seus filhos, na produção de um aterrorizante genocídio da juventude negra. . As mulheres que lutam por direitos humanos, sociais, políticos, culturais, sexuais e reprodutivos, todas compartilham a dor inconsolável provocada pela epidemia dos feminicídios,  a misoginia, o controle do corpo das mulheres por estados e religiões, as violações  como armas de guerra e a criminalização da condição feminina em todos os níveis das relações sociais. A reversão desse cenário de horrores naturalizado pela sociedade exige a pactuação de todas as pessoas que lutam por democracia e cidadania

No Fórum Social Mundial 2018, que acontecerá em Salvador, Bahia, nós, as mulheres deorganizações, movimentos e coletivos feministas do Brasil e do Mundo e todas que lutam por direitos, contra o racismo o machismo e a convocamos a Assembleia Mundial das Mulheres, no dia 16 de março, às 9 horas, como atividade única e exclusiva do Fórum nessa manhã, e lá faremos ecoar entre todas as organizações e movimentos reunidas no grande encontro de Salvador, as agendas mundiais do 8 de Março – Dia Internaional da Mulher, reafirmando a urgência do envolvimento de todas e todos nessas bandeiras de luta.

As mulheres da Bahia e de todo Brasil se juntarão  organizações e redes feministas internacionais e ativistas das diversas regiões do mundo, a exemplo das curdas, palestinas, africanas, asiáticas, latino americanas, amerindias e afro-caribenhas, que já confirmaram participação ativa.

A Assembleia Mundial das Mulheres terá, em especial, a tarefa coletiva de convocar uma frente de ação e articulação internacional em torno de dez pontos inegociáveis na luta das mulheres,  para uma agenda das lutas universais, e inadiáveis.

ASSINE AQUI

Confira a lista das primeiras assinaturas (todas as novas assinaturas serão inseridas no site do FSM até o 8 de Março)

Ajagum Obinrin – Organização de Mulheres Negras do Rio Grande do Norte
AMNB- Articulação de Organizações de Mulheres Negras do Brasil
Articulação de Mulheres Brasileiras
Articulação Feminista Mercosul
Articulação Nacional de Mulheres Negras Brasileiras – AMNB
Associação de Mulheres Negras da Bahia
Associação Nacional de Pós Graduandos – ANPG
Bambidele – Organização de Mulheres Negras da Paraíba
Candaces – Rede Nacional de Lésbicas Negras e Bissexuais
CEDENPA – Centro de Estudos e Defesa do Negro do Para
CEERT – Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades
Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários da Bahia -UNISOL BAHIA
Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB
Central Única dos Trabalhadores – CUT
Centro de Documentação e Memória Negra – IROHIN
Centro de Estudos em Gênero, Raça/Etnia e Sexualidade – CEGRES/Diadorim
Centro de Referência Negra Lélia Gonzales – GO
Centro Popular de Mulheres – COM/Go
Ciranda Internacional de Comunicação Compartilhada
CLADEM – Comitê Latino Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da
Mulher
Coletiva de Mulheres Negras Abayomi
Coletivo de Entidades Negras – CEN
Coletivo de Mulheres do Calafate
Coletivo de Mulheres Negras Abayomi
Coletivo de Mulheres Negras Dandara do Sisal
Coletivo Nacional de Lésbicas Negras Feministas
CONAQ – Coordenação Nacional das Comunidades Rurais Quilombolas
Criola – RJ
Development Alternatives with Women for a New Era – DAWN
Federação Democrática Internacional de Mulheres – FDIM
Federação Nacional das Trabalhadoras Domesticas – FENATRAD
Feminista Anti Proibicionista
Fórum de Mulheres Negras do Rio de Janeiro
Fórum Enlesbi
Fórum Nacional de Mulheres Negras – FNMN
Frente de Mulheres Negras do Distrito Federal e Entorno
Frente Feminista da UFBA
Frente de Mulheres de Esquerda

Frente Feminista de Esquerda
Grupo 08 de Março
Grupo de Estudos para Educação das Relações Étnico Raciais -GEPRER/Afroescola.
Instituto AMMA PSIQUE e Negritude
Instituto da Mulher Negra – Geledés
Instituto das Mulheres Negras do Amapá
Instituto de Mulheres Negras do Mato Grosso
Instituto de Mulheres Negras do Mato Grosso – IMUNE/MT
Instituto Equit – Gênero, Economia e Cidadania Global
Instituto Ganga Zumba – IGZ
Instituto ODARA
Justiça Global
Malunga Mulheres Negras – GO
Marcha das Mulheres Negras de São Paulo – MMN/Sp
Marcha Mundial de Mulheres – MMM Bahia
Maria Mulher – Organização de Mulheres Negras RS
Movimento de Mulheres Negras Dandara do Sisal
Movimento Negro Unificado – MNU
MUSA
NEIM – Nucleo de Estudos Interdisciplinares Sobre a Mulher/ UFBA
NZINGA – Coletivo de Mulheres Negras MG
Observatório da Mulher
Papo de Mulher – Associação de Mulheres Usuárias dos Serviços de Saúde
Mental
Programa Integrado de Pesquisa e Cooperação Técnica em Gênero e Saúde
do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA
Rede de Desenvolvimento Humano – REDEH/RJ
Rede de Enfrentamento a Violência Contra a Mulher de Salvador
Rede de Mulheres – Renfa
Rede de Mulheres Afrolatinoamericanas, Caribenhas e da Diáspora
Rede de Mulheres Feministas Anti Proibicionistas
Rede de Mulheres Negras
Rede de Mulheres Negras da Bahia – RMNBA
Rede de Mulheres Negras de Pernambuco
Rede de Mulheres Negras do Nordeste
Rede de Mulheres Negras para a Soberania e Segurança Alimentar e
Nutricional
Rede Mulher e Mídia
Rede Nacional Feminista de Saúde, Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos –
RFS
União Brasileira de Mulheres – UBM
União Brasileira dos Estudantes Secundaristas – UBES
União da Juventude Socialista – UJS
União de Mulheres de São Paulo
União de Negros pela Igualdade – UNEGRO
União Nacional dos Estudantes – UNE

Contato: amm@fsm2018.org

www.fsm2018.org

Dia: 16 de março de 2018
Local: Salvador – Bahia
Horário: 9h

1 Comentário
  1. moises oliveira 3 anos atrás

    A favor da luta no combate ao machismo estruturante, xenofobia de variados tipos, e a favor de um mundo respeitador das diferenças enquanto caracterista para uma melhor sociedade.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Contato

Deixe uma mensagem e etornaremos o mais rápido possível. You can send us an email and we'll get back to you, asap./puede enviarnos un correo electrónico y nos comunicaremos con usted lo antes posible./vous pouvez nous envoyer un email et nous reviendrons vers vous, dès que possible.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account