Mapa não está disponível

Título Lançamento do livro "O Eclipse do Progressismo"

Tema - Território Av. Adhemar de Barros, s/n

Lema #avidanaoemercadoria, #desenvolvimentodireitoshumanoseconomicossocioambientais, A vida não é mercadoria, Desenvolvimento direitos humanos econômicos e socioambientais, GT cultura contato, lançamento livro, sem grupo

Descrição / Relato

A América Latina atravessa hoje um período de impasses e grandes turbulências, em parte pela dinâmica interna de seus países, mas em parte como consequência de sua forma particular de inserção no mercado mundial e na cadeia de dominação global capitalista.
A região conheceu, nos anos dourados da globalização neoliberal, entre 1999 e 2008, um ciclo de governos progressistas, que chegaram à frente dos seus Estados graças às lutas populares anteriores contra as políticas ditas de ajuste, que enquadravam estes países na ordem financeirizada do neoliberalismo. Suas economias alcançaram então altas taxas de crescimento integrando-se na divisão internacional do trabalho, o que lhes garantiu recursos para importantes políticas redistributivas e a integração aos mercados de consumo de parcelas da população antes deles excluídas.
Agora, os efeitos da etapa aberta pela crise global de 2008 – que, por outras partes, abalam as políticas (neo)liberais e fortalecem os nacionalismos xenófobos e conservadores, como o proposto por Trump nos Estados Unidos – golpeiam de forma duradoura as economia da região, resultando em baixas taxas de crescimento ou recessões. As populações do continente estão sendo atiradas, sem mecanismos de amortecimento, no turbilhão das mudanças globais que marcam o esgotamento do neoliberalismo cosmopolita, que parece arrastar consigo o progressismo.
Abriu-se, para esquerda latino-americana, um período de recomposição, onde o balanço da experiência dos governos progressistas ocupa um lugar central. A estratégia aplicada foi, de conjunto, correta e os problemas foram mais localizados ou, ao contrário, tratou-se de uma estratégia equivocada? Quais são os pontos de apoio para as lutas de resistência contra a aplicação de políticas ultra-liberais que a direita está tentando aplicar? Quais alternativas propomos? Como combinar as lutas de resistência em curso e a experimentação dessas alternativas?
Para mapear a conjuntura crítica que atravessa o continente, os traços comuns e os particulares da situação de cada país e discutir as perspectivas da esquerda na região foi organizado, durante o Fórum Social Mundial de 2016, em Montreal, em agosto daquele ano, o seminário “A América Latina hoje: uma avaliação crítica sobre a esquerda e os governos progressistas”. Uma continuidade do debate ocorreu em Porto Alegre, em janeiro de 2017, durante o Fórum Social das Resistências.
Assim surgiram os textos reunidos nesta publicação, que correspondem a algumas das apresentações feitas nessas atividades e buscam servir de subsídio para esta discussão subsequente acerca do futuro da esquerda na América Latina. Vamos atualizar o debate com este novo encontro e buscar novos caminhos para as esquerdas latino-americanas.

BIOGRAFIAS DOS AUTORES

José Correa Leite Junior
Paulista,é professor universitário com doutorado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005) e pós-doutorado pela Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (2015). Foi editor do jornal Em Tempo e organizou, com Isabel Loureiro e Maria Elisa Cevasco, o livro O espirito de Porto Alegre.

Emilio Horacio Taddei
Portenho, é professor da Universidade de Buenos Aires, com mestrado e doutorado pelo Instituto de Estudos Políticos de Paris da Fondation Nationale de Sciences Politiques. Foi coordenador acadêmico da CLACSO (Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais) e organizou, com José Seoane, o livro Resistencias mundiales: de Seattle a Porto Alegre.

Giovanna Roa
Ativista chilena, comunicadora, e colaboradora em projetos culturais e políticos, públicos e privados. Designer e co-diretora do festival feminista Ruidosa. Ela foi vice-presidente da Federação Estudantil da Universidade Católica em 2010 e diretora criativa em campanhas políticas.

Lilian Celiberti
É professora e feminista uruguaia. Ela começou sua militância no centro dos professores estudantis e foi uma prisioneira política da ditadura militar em seu país aos 21 anos. Ela é coordenadora da Cotidiano Mujer e participa da Articulação Feminista Marcosur (AFM), promovendo o desenvolvimento de um campo político feminista a nível regional e mundial.

Alberto Acosta
Economista e político equatoriano. Professor da FLACSO – Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais, foi um dos redatores do plano do governo da Aliança PAIS – Pátria Altiva e Soberana. Foi ministro da Energia e Minas e Presidente da Assembléia Nacional Constituinte.

John Cajas Guijarro
Economista equatoriano graduado da Escola Politécnica Nacional Mestrado em Economia do Desenvolvimento em FLACSO- Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais. Professor de Economia Política da Universidade Central do Equador e da Escola Politécnica nacional do Equador.

Alejandro Bendaña
Fundador do Centro de Estudos Internacionais em Manágua, Nicarágua, possui um Ph.D. em História da Universidade de Harvard. Autor de vários livros sobre relações internacionais e reconstrução pós-guerra, atuou como consultor do Programa UNESCO de Cultura da Paz e para a reintegração excombatante na América Central, Colômbia e África Austral.

Pablo Solón
Diretor da Fundação Solón, o político boliviano é ex-Diretor Executivo do Focus on the Global South, um grupo de pesquisa ativista e ex-Embaixador do Estado Plurinacional da Bolívia nas Nações Unidas (ONU). Lidera lidera o Observatório Boliviano de Mudanças Climáticas e Desenvolvimento.

Edgardo Lander

Professor-pesquisador venezuelano do Departamento de Estudos Latino-Americanos da Escola de Sociologia, é consultor da comissão venezuelana que negocia a Área de Livre Comércio das Américas. Trabalha na Faculdade de Ciências Econômicas e Sociais e é membro do Conselho Editorial da Revista Venezuelana de Economia e Ciências Sociais da Universidade Central da Venezuela.

Data/hora
Date(s) - 15/03/2018
16:00 - 19:45 .

Localização
PAF I - Sala 122

Perfil


Contato

Deixe uma mensagem e etornaremos o mais rápido possível. You can send us an email and we'll get back to you, asap./puede enviarnos un correo electrónico y nos comunicaremos con usted lo antes posible./vous pouvez nous envoyer un email et nous reviendrons vers vous, dès que possible.

Enviando
Select your currency
BRL Real brasileiro
EUR Euro

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Create Account